Review: Headset Sennheiser Impact SC 60, vale a pena? | ThiagoNasc.com

Review: Headset Sennheiser Impact SC 60, vale a pena?

Fone de ouvido com microfone para quem exige uma solução de comunicação robusta e profissional: áudio de alta definição, microfone com cancelamento de ruídos e conector USB.

Thiago Nascimento, autor do site, sentado diante de um computador, utilizando o headset da Sennheiser SC-60 enquanto olha para o lado e sorri durante chamada

Vivendo o novo normal, quando o home-office não só se tornou realidade para muitos, mas também uma necessidade, quem trabalha constantemente em videoconferências reconhecerá a importância de uma chamada com qualidade.

Sendo minha realidade, somado ao fato de facilitar constantemente dinâmicas remotas com diversos profissionais, senti a necessidade de aprimorar minhas chamadas.

Outro fator decisivo foi que nem sempre estamos em uma sala exclusiva e sozinhos. Seja na empresa ou mesmo em casa, dividiremosem em algum momento o espaço com alguém. E ainda há a possibilidade da outra pessoa também estar em chamada, na maioria dos dias, meu caso!

Assim investi no headset Sennheiser Impact SC 60 USB ML.

E antes que se pergunte, a preferência pelo modelo ao invés de um headset gamer (opção mais comum) se deu em razão do objetivo: uso exclusivo para videoconferências. Enquanto os gamers primam a qualidade sonora dos jogos, com graves robustos, o modelo em questão enfatiza a experiência de uma conversação limpa, com vozes bem definidas e naturais.

Design e Conforto

Mão segurando o Headset Sennheiser SC-60 de frente a um fundo branco

Constituído por hastes finas de plástico, o Sennheiser SC-60 pode até parecer frágil, mas basta manuseá-lo para sentir a qualidade e durabilidade do material.

Essa mesma espessura é o que faz seu visual chamar pouca atenção - muito diferente da maioria dos headsets gamers - e ser extremamente leve! Característica fundamental para um bom conforto.

A haste tem níveis precisos de regulagem, com uma variação significativa de até 4cm em cada lado. E apesar do apoio à cabeça não contar com materiais macios, como espuma, a leveza do conjunto não incomoda a região durante uso prolongado.

Os alto-falantes são levemente inclináveis para um melhor encaixe às orelhas e revestidos por uma espuma simples, que apesar de fina, é bastante confortável. Além disso, são removíveis permitindo sua substituição. No entanto, a embalagem original não conta com espumas extras.

Falando em embalagem, esse tipo de equipamento por ser destinado principalmente ao uso corporativo, é distribuído em caixas de papelão cru e um plástico simples envolvendo os itens: headset, guia rápido e instruções de segurança. Mesmo formato utilizado em modelos concorrentes como Plantronics e Jabra.

Mão segurando a embalagem do Headset Sennheiser: um plástico simples envolvendo todos os itens e a frente, um adesivo branco com escritos simples, em preto, com características do produto

O headset pode ser utilizado de ambos os lados uma vez que o microfone é rotacionável, inclusive, não há marcação indicativa entre ‘direito’ ou ‘esquerdo’ nos falantes (ainda que a posição original seja utilizar o microfone à esquerda).

Conectividade e controles

O cabo conta com 2,1 metros de extensão e sua conexão é feita através de USB Plug and Play. Como o próprio nome diz, é plugar e usar, simples assim! (rs)

Headset apoiado sobre uma mesa de madeira, mostrando com bom zoom detalhes do controle e cabo USB

O controle de chamadas, integrado ao cabo, conta com 4 botões pré-configurados:(1) atender/desligar chamada, (2) aumentar volume, (3) abaixar volume, (4) ativar/desativar mudo. Há também 2 leds indicativos nos botões das extremidades, sendo: (1) verde constante, indicando chamada ativa e (2) vermelho intermitente, indicando microfone mudo.

Vale destacar que o headset funciona normalmente como qualquer tradicional fone com microfone, podendo ser utilizado em todas ocasiões. No entanto, os comandos de chamadas como atender e desligar funcionarão especialmente em plataformas de comunicação unificada, uma espécie de protocolo utilizado pelas principais aplicações como Teams, Skype, Zoom, Webex entre outros. Obs: os recursos (mais convencionais) de aumentar e abaixar volume, bem como ativar e desativar mudo, interagem diretamente com o próprio Sistema Operacional.

Close em mão segurando o controle, mostrando os leads indicativos de chamada (verde) e mudo (vermelho) ligados

Essa última inclusive (ativar/desativar mudo), a quem participa de muitas chamadas, sabe o quanto é irritante ter de acessar a aplicação entre as diversas abertas, encontrar a opção e só então ativar/desativar o mudo. Executar essa mesma ação ao simples clique de um botão físico é simplesmente libertador (e eficiente)!

O controle bem como seus botões são bem construídos, trazendo segurança durante o uso e demonstrando boa durabilidade.

Qualidade do som e microfone (experiência)

Close nos detalhes da construção do falante, segurado por uma mão e fundo branco

Não sou especialista em áudio e, portanto, as considerações abaixo se resumem a experiências pessoais levantadas durante o uso do headset.

É notável o cuidado na equalização dos falantes com agudos e médios bem equilibrados, e graves leves, tornando os diálogos muito prazerosos, com falas bastante nítidas. Ouvir uma boa música também é perfeitamente aceitável. Claro que se comparado à fones mais robustos (voltados para músicas), sentirá a falta de graves mais presentes.

Outro ponto apreciável é o bom “volume” que os falantes entregam (para referência, utilizo normalmente abaixo de 50% do total). Essa característica supre a deficiência no isolamento de sons externos, uma vez que sua estrutura é desenhada para não encobrir (abafar) a orelha.

Ainda sobre os falantes, o headset conta com a tecnologia ActiveGard que garante proteção contra lesões acústicas causadas por explosões repentinas de som. Esse é o tipo de característica que nem percebemos na maioria do tempo, mas ficamos felizes ao saber que estamos protegidos (rs).

O microfone (para mim, o ponto alto do headset) conta com uma excelente tecnologia de cancelamento de ruídos, filtrando boa parte dos indesejáveis sons de fundo. Característica importantíssima para a boa qualidade das chamadas.

Headset apoiado sobre mesa de madeira, mostrando os detalhes do falante e sua espuma, bem como o microfone levemente erguido

Vale dizer também que a captação é muito bem direcionada, basta distanciar o microfone da boca para que a voz fique distante (bem ao fundo) ou até mesmo inaudível.

Outra característica interessante é que ele oferece um leve retorno falantes enquanto se utiliza o microfone, isto é, você passa a ouvir sua voz enquanto fala. O retorno é feito numa proporção confortável e lhe ajuda a manter um volume saudável na fala durante o uso - e lhe ajuda a sentir o sopro no microfone caso o mesmo esteja bem em frente à boca ou nariz. Pode acontecer também de ao falar e não ouvir seu retorno, perceber que o mudo está ativado - acontece nas melhores famílias (rs).

Na descrição oficial consta também o recurso ‘gerenciamento de ecos’, que apesar de ser uma característica difícil de se perceber, objetiva na redução de ecos quando o microfone está próximo de uma superfície reflexiva (que não absorva bem o som), como uma parede por exemplo.

Conclusão

Após 1 mês de uso diário e prolongado (podendo dizer até excessivo, rs) com média de 8hs/dia, considero o headset uma excelente aquisição.

As chamadas se tornaram mais imersivas em razão da qualidade e bom volume do som, além de todos ouvirem minhas falas de forma nítida e sem incômodos (a não ser da minha própria voz, rs). Afinal, os ruídos externos passam praticamente despercebidos, me sentindo inclusive bastante confortável agora em dividir salas durante as chamadas e dinâmicas.

Obs: quanto à nitidez da voz, cheguei a receber voluntariamente feedbacks positivos.

Vale dizer que ao final das primeiras semanas de uso prolongado, senti incômodos na cartilagem da orelha, no entanto, não chegaram a incomodar ao nível de parar de usá-lo. Leves ajustes de reposicionamento foram suficientes.

A Sennheiser oferece também uma garantia de 2 anos em todos os fones de ouvido, o que traz mais tranquilidade na compra visto o preço.

Para quem exige uma solução de comunicação robusta e profissional, o Headset Sennheiser SC-60 vale a pena!


Transparência: este review não é patrocinado por qualquer empresa ou marca. Foi criado com o objetivo de compartilhar a experiência de uso. O site apenas receberá uma comissão caso você compre através dos links disponíveis e você não pagará nada a mais por isso.