Pesquisa: padrões em interfaces de autenticação web | ThiagoNasc.com

Pesquisa: padrões em interfaces de autenticação web

Uma pesquisa sobre as interfaces dos sites mais acessados no Brasil e como você pode aproveitar desses padrões a fim de promover uma boa experiência do usuário.

Interfaces ou telas de autenticação são extremamente comuns em sites e sistemas. Através delas realizamos nossa identificação e entrada. No entanto, é comum encontrarmos diferentes formas de utilização, algumas proporcionando experiências extremamente agradáveis e outras, longe disso!

"Usuários passam a maioria do tempo navegando em outros sites."

A citação acima, de um dos maiores especialsitas em usabilidade da web, pode ser bem interpretada no sentido de que os usuários preferem sua interface se comportando de forma semelhante às demais quais conhece e utiliza. Óbvio que isso não deva limitá-la a ser exatamente igual, mas sugere que proporcionará melhor experiência aproveitando-se de padrões já estabelecidos e reconhecidos como boas práticas.

Até aqui, sem grandes novidades ou mistérios. No entanto, quais os melhores elementos e padrões a serem utilizados? Login, nome de usuário, e-mail ou CPF? Senha ou palavra-chave? Entrar ou autenticar? Cadastrar ou inscrever?

Animação mostrando uma interface de autenticação com diversos rótulos mudando a cada segundo.

Metodologia

Entenda como foi realizada a pesquisa e quais critérios utilizados:

a) escolha dos sites

O primeiro passo foi encontrar os sites mais acessados do Brasil através de uma fonte segura. Para tal, utilizou-se a publicação Top 100 sites mais visitados, divulgado pela Sem Rush, uma empresa norte-americana (Boston/EUA) referência no gerenciamento em visibilidade online e marketing de conteúdo.

Da listagem, foram desconsiderados os sites de governo e bancos por utilizarem recursos exclusivos de autenticação e outros, não aplicáveis por não utilizarem recursos de autenticação ou não serem considerados relevantes ao contexto.

Ao final, 45 dos 100 sites mais visitados no país foram considerados na amostra.

b) escolha dos elementos

Os elementos foram selecionados à partir de critérios de essencialismo e recorrência do uso em interfaces de autenticação. Isto é, os elementos essenciais presentes em todas as interfaces somado aos elementos mais recorrentes.

Para exemplo, é possível identificar o campo senha como um elemento essencial, presente em todas as interfaces, enquanto seu recurso mostrar senha um elemento (somente) recorrente. Como ambos são essenciais e recorrentes, ambos entraram na pesquisa.

Cada elemento então fora analisado de forma individual e suas especificidades consideradas, para uma maior amplitude da pesquisa e seus resultados.

Ainda sobre a ótica do exemplo anterior, para o campo senha foram analisadas as seguintes especificidades: qual rótulo utilizado, se o recurso de mostrar senha estava disponível e qual sua forma de interação.

c) captação e organização dos dados

Cada site e elemento foi individualmente acessado e todos os dados captados, inseridos em uma planilha estruturada a fim de facilitar o acesso, leitura e posterior extração das informações.

Resultados


Formulário de autenticação

Considera-se a interface propriamente dita para inserção dos dados de autenticação do usuário, aqui originalmente denominadas de:

  • Usuário: forma de identificação do usuário, também conhecida como login, podendo ser utilizado de diversas formas;
  • Senha: combinação de caracteres secreta utilizada como sinal de reconhecimento e validação do login.

Texto utilizado para identificação do campo usuário, presente na interface de autenticação
Resultado individual

Tipo de dado solicitado para identificação do usuário, presente no formulário de autenticação
Resultado individual

Tipo de dado solicitado para identificação do usuário, presente no formulário de autenticação
Resultado combinado/agregado

As combinações não listadas possuíram resultado nulo.


Texto utilizado para identificação do campo senha, presente no formulário de autenticação
Resultado individual

Recurso utilizado para exibir os caracteres inseridos no campo senha, presente no formulário de autenticação
Resultado individual


Texto utilizado para identificação da ação autenticar, presente na interface de autenticação
Resultado individual

Cor predominante utilizada no botão de autenticar, presente na interface de autenticação
Resultado individual


Texto utilizado para identificação da ação recuperar dados de acesso, presente na interface de autenticação
Resultado individual


Texto utilizado para identificação de acesso ao cadastro de usuário, presente na interface de autenticação
Resultado individual

Cor predominante utilizada no botão de cadastrar, presente na interface de autenticação
Resultado individual


Recurso Single Sign-On (SSO) e sistema utilizado
Resultado individual

Resultado combinado/agregado


Recursos utilizados nos campos do formulário de autenticação: label e/ou placeholder
Resultado combinado/agregado

As combinações não listadas possuíram resultado nulo.


Página inicial

Identifica como estão descritas, na página inicial, as chamadas para as ações (call-to-action) de autenticar e cadastrar no site.

Texto utilizado para identificação de acesso à funcionalidade de autenticar, presente na página inicial
Resultado individual

Resultado percentual

Observações:

  • Formulário direto: considerado quando a página inicial disponibiliza o formulário de autenticação diretamente, sem a necessidade de uma chamada de acesso à funcionalidade;
  • Ícone de usuário: considerado quando a página inicial disponibiliza um ícone de usuário (imagem representando uma pessoa) para chamada de acesso à funcionalidade.


Texto utilizado para identificação de acesso à funcionalidade de cadastrar, presente na página inicial
Resultado individual

Resultado percentual

Observação:

  • Não possui / não utiliza: considerado quando não é disponibilizada uma chamada direta para cadastro na página inicial.


Observações gerais:

  • Em casos de elementos duplicados, considerou-se a opção mais relevante ao usuário (por visibilidade e/ou acessibilidade);
  • Esta é uma pesquisa proprietária e realizada para publicação primariamente na internet, sendo assim, não foram utilizados critérios acadêmicos;

Conclusão

É fato que projetistas lidam com algumas incertezas durante a criação de uma interface de autenticação, uma vez que mesmos os grandes sites, como pudemos ver, não utilizam elementos únicos e padronizados.

E claro, é preciso ainda ressaltar que, ainda que haja um padrão ou modelo mais utilizado, há diferentes maneiras de se interagir com diferentes tipos de usuários.